5 de dezembro de 2011

Mobilização Popular para acabar com assalto e desordem no Campo de Santana


Ontem, dia 4 de dezembro, fui participar da ação voluntária que acontece no Campo de Santana para alimentar e medicar os gatos que lá são abandonados pela população. A população deveria saber que maus tratos e abandonos são crimes previstos em lei. Reparei que o parque, apesar dos apelos à prefeitura, tem estado sem segurança. Ontem não foi diferente. Ontem, aliás, foi pior. Eu e mais uma voluntária fomos abordadas por um assaltante, em pleno parque, sem polícia, guarda municipal ou funcionário que pudesse nos acudir. Tivemos que nos virar, aliás, gritar por socorro e correr. O assaltante se assustou e se afastou, mas não saiu do parque, ficou nos cercando pelas alamedas tentando nos assaltar a todo custo. O que nos salvou foi os demais voluntários que se juntaram e intimidaram o ladrão, que acabou por assaltar uma menina no ponto de ônibus ao lado do parque. Ele calmamente atravessou a Presidente Vargas, tirou a camisa e foi embora com o telefone celular roubado da menina. O Campo de Santana está assim: abandonado, feio, entregue ao desleixo e negligência de seus gestores – uma verdadeira vergonha para a prefeitura da nossa cidade e para a Fundação Parques e Jardins. Quando finalmente fui para casa, na Lagoa, zona sul, vi vários carros da polícia. Pensei: de um lado tanta segurança, do outro, nenhuma. Que cidade injusta e partida. As eleições para prefeito estão aí e eu seu em quem não votarei!

2 de dezembro de 2011

Faça seu dinheiro valer uma Boa Causa

No Natal, compre para presente produtos que beneficiem projetos, 
sejam de pessoas ou da causa animal.